NOTÍCIAS

Nota: Vaquejada de Sumé-PB

em 09/02/2017

Tendo tomado conhecimento da celeuma envolvendo julgamento de boi durante a vaquejada de Sumé/PB, a ABVAQ informa que o competidor preferiu não fazer uso da faculdade prevista no Regulamento, segundo a qual "É facultado ao competidor, após o julgamento do seu boi por parte da comissão alternativa, requerer a analise da ABVAQ para aprofundar o julgamento televisivo para fins unicamente de verificação do trabalho técnico dos juízes, sem que isso implique em mudança de resultado para fins de premiação e classificação da vaquejada".

Pois bem, sem ser provocada, a ABVAQ não pode se arvorar de tutora dos julgamentos polêmicos que acontecem em todas as vaquejadas do Brasil, nem muito menos analisar a conduta de profissionais credenciados, na medida em que isso causaria grave intervenção no trabalho dos profissionais.

Desse modo, rogamos aos competidores que, sentindo-se prejudicados, façam uso da faculdade prevista no parágrafo primeiro, do Art. 24, do nosso Regulamento, provocando a ABVAQ e permitindo maior transparência na análise do nosso regulamento.

Paulo Fernando Cavalcanti Filho
Presidente da ABVAQ


Outras Notícias

NÓS APOIAMOS A VAQUEJADA
2014 © ABVAQ - Associação Brasileira de Vaquejada