Carregando...

abvaq@abvaq.com.br

+55 (83) 3024-8911

A Copa ABVAQ fecha 2020 com sucesso demonstrando força e poder de superação

A Associação segue inovando e pretende oferecer o máximo de retorno aos vaqueiros

A Associação Brasileira de Vaquejada (ABVAQ) mais uma vez mostrou força e demonstrou o seu poder de superação, ao realizar um dos mais importantes e prestigiados eventos equestre do ano, mesmo diante da pandemia. Com responsabilidade e segurança, a Copa ABVAQ 2020 aconteceu com sucesso na quinta-feira, dia 10 de dezembro, no Parque Rufina Borba em Bezerros-PE, reunindo vaqueiros classificados no Ranking Nacional da Associação que pontou a vaqueirama durante o ano inteiro.

Com os campeões do Ranking e da Copa foram distribuídos um total de R$ 100 mil contemplando competidores nas categorias Feminino, Master, Aspirante, Amador, Intermediário, Profissional. Mesmo sem a presença do público, por conta da pandemia, a Copa ABVAQ conseguiu emocionar e divertir os amantes da vaquejada que acompanharam tudo de suas casas pela TV Vaquejada que atingiu um pico de mais de 15 mil pessoas ligadas na transmissão.

A qualidade técnica dos vaqueiros e cavalos chamou atenção dos seguidores da TV Vaquejada, que classificaram a Copa ABVAQ como um dos melhores e mais bem organizados certames dos últimos anos. Na categoria Feminina quem levantou a taça de campeã foi a vaqueira Jenniffer Emmanuellen. Já no Master, o título de campeão foi para Rodrigo Amorim e Cleiton Farias ganhou na categoria Aspirante. No Amador, o título ficou com Beny Saldanha, seguido por Gustavo Cordeiro que ganhou no Intermediário e Raulzinho no Profissional.

Os competidores elogiaram a maneira como a ABVAQ conduziu a Copa e o ano esportivo procurando formas e encontrando soluções para realizar as provas e não deixar a vaquejada parar. O vaqueiro Raulzinho falou da importância da ABVAQ na luta pela manutenção e crescimento do esporte e destacou as vantagens de ser sócio da entidade. Já Gustavo Cordeiro parabenizou a diretoria da ABVAQ “Agradeço aos que fazem a ABVAQ pela bonita competição que foi essa Copa e recomendo aqueles vaqueiros que ainda não se associaram, procure logo fazer a carteirinha de sócio. Assim a gente fortalece a nossa classe,” disse Gustavo.

QUE VENHA 2021

Para 2021, a ABVAQ já garantiu uma premiação total de R$ 150 mil com a possibilidade de chegar a R$ 250 mil, dependendo de como vai se comportar a pandemia. No próximo ano, as vaquejadas chanceladas pela ABVAQ seguirão cumprindo o protocolo sanitário contra a Covid-19 e abrindo novas possibilidades de acordo com o avanço no combate a doença com a chegada da vacina.

O presidente Pauluca Moura agradeceu aos competidores, aos diretores do Parque Rufina Borba, aos profissionais de trabalho e assumiu o compromisso de fazer uma grande Copa em 2021 com apoio, inclusive, da ABQM que tem sido grande parceira na luta pelo engrandecimento do nosso esporte. “Eu convido aqui cada um dos vaqueiros do Brasil, venha pra junto da ABVAQ. A nossa proposta é que a ABVAQ pague suas despesas do dia a dia e o restante do dinheiro, fruto das contribuições dos nossos sócios, será devolvido aos vaqueiros em forma de premiação no Ranking Nacional e na Copa. Entre no site da ABVAQ e seja também um sócio dessa entidade que oferece segurança e grandes benefícios aos competidores e promotores de eventos, sempre dentro da lei,” disse Pauluca.

Mais notícias